quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Resenha: Finalizador Térmico defrizante Lisant Intensif Hair - Avora

Olá organismos.

Hoje eu aqui com mais uma resenha, dessa vez pra falar de um serun-silicone-reparador de pontas. Estava precisando muito de um, acabei encontrando esse finalizador térmico defrizante Lisant Intensif Hair da Avora e me chamou atenção tanto pela fórmula, rica em óleos e extratos vegetais, quanto pela textura fina.

A fórmula, além dos tradicionais silicones, incluindo o phenyltrimethicone (uma das substâncias que mais fornecem brilho ao cabelo), possui óleos vegetais de pequi - extremamente lubrificante e com ação antioxidante; óleo de buriti - capaz de regularizar a elasticidade; extrato de acerola - fonte riquíssima de vitamina A, complexo B e C; e extrato de kiwi, além de prevenir o envelhecimento das células, possui vit. C; possui também filtro solar.

Assim que cheguei em casa tratei de testar e sim, o troço é muito bom. Não pesa nos cabelos, deixa as escamas seladinhas e doa muito brilho. Também é muito bom no quesito de eliminar o frizz. Tendo em vista que  custou R$14,90 os frasco com 60 ml, foi um dos melhores custo benefícios que já tive. Espalha muito fácil e auxilia na secagem. Testei numa cliente ainda ontem e obtive o mesmo resultado. A sensação de sedosidade salta aos olhos.

Apenas quando cheguei ontem a noite em casa, vim notar na fórmula a presença de isoparafina. Pesquisei e pelo que vi, isoparafina é o mesmo que parafina, é vendida em lojas de artesanato, um produto inflamável de fogo frio (não corre em direção a fonte) usado em técnicas de pirofagia, na cosmética é usado como solvente. Eu sei que muitas pessoas tem receio de usar produtos a base de parafina por causa de uma modinha que anda se espalhando pela net, mas acredite, não há problema nenhum exceto o fato de poder deixar os fios pesados, e não é o caso desse. Meus fios são finos e tendem  a ficar oleosos muito rápido, até agora, mesmo depois de reaplicar tantas vezes, ele tá levinho, nada oleoso e comportado. Além do que, a parafina tem carga neutra, então ela sai com facilidade do fio na lavagem, diferente do que andam pregando por aí.

É isso aí. Alguém já testou? Gostou?

2 comentários:

  1. Não vejo como modinha o fato de evitar petrolatos e silicones insolúveis, e sim como conhecimento de que se tratam de maquiagem capilar e selagem. Claro que não faz, por si só, mal, mas ao precisar de mais tensoativos para remover, podem sim ser meio traumáticos, pra quem evita sulfatos, por exemplo. Agora pra quem usa shampoo (muita gente usa um mais detergente e por cima um mais hidratante) em boa quantidade, aí não faz diferença nenhuma, exeto se o produto pesar nos fios...
    Eu, quando usava bastante shampoo não me incomodava nem um pouco, já que nada pesa nos meus fios descoloridos e cacheados, inclusive amava silicones...
    Agora spray termo ativado com tantos ativos bons e nesse preço, e que além de tudo funciona mesmo, tem mais é que falar bem! Gostei!
    E acho muito legal você se importar de dizer os componentes e ativos dos produtos! Ajuda muito"
    Esther Mara

    ResponderExcluir
  2. Como eu disse, a carga do óleo mineral é neutra, não precisa de mais tensoativos para remover. Eu já disse outras vezes, o petrolato e os silicones insolúveis só devem ser evitados por quemm é adepto de no-poo, para os demais e grande maioria, não há problema algum. Pelo contrário, o silicone é uma substância essencial para os cuidados do cabelo, já que ele é um excelente protetor térmico, além de selar as escamas e evitar a perca de água e nutrientes, ele plastifica a queratina, isso é, ele "cola" a queratina no fio.
    O fato de eliminar derivados de petróleo é bom apenas para o meio ambiente, dizer que faz mal ao cabelo, é puro apelo de amrketing, mesmo caso do SAL. Hoje em dia ninguém mais acha que sal faz mal, daqui a uns tempos vão dizer o mesmo da parafina e dos silicones.
    Fico feliz que tenha gostado da postagem. Obrigado
    =]

    ResponderExcluir